sexta-feira, 14 de maio de 2010

Quem dá nome aos esmaltes??

Achei essa matéria sobre nome de esmaltes bem interessante e resolvi transcreve-la aqui para vocês. Quem quiser ir na página do texto original o link é esse.


Quem dá nome aos esmaltes????
Por Roberta Silva e Tatiana Sisti, da Redação Yahoo! Brasil


Quem nunca se deparou com um nome engraçado ou no mínimo inusitado escrito no potinho do esmalte? Algodão Doce, Magia, Preguicinha, Paparazzi, Luzia e Saia Justa podem até arrancar risos na hora em que se está escolhendo a cor para passar nas unhas, mas a verdade é que poucas pessoas sabem que, por trás desses nomes, existem mentes bastante criativas que são responsáveis por batizá-los.

As inspirações podem surgir após uma série de pesquisas comportamentais e de estudos da moda nacional e internacional. Ou não. No caso da Big Universo, muitos esmaltes levam nomes ligados à astronomia, como Eclipse, Cosmos, Urano, Sideral e Celestial. O dono e fundador da marca, Gilmar Leite Siqueira, sempre foi muito ligado à ciência, o que explica, inclusive, o próprio nome da marca.

A mitologia grega e a natureza também ajudam a Big a nomear suas cores. Por isso, vemos por aí meninas usando esmaltes como Fênix, Hidra, Penélope ou o Polar e o Glacial.

Apesar disso, a gerente comercial da Orion Cosméticos (empresa proprietária da Big Universo), Clarissa Ezaki, explica que também é necessário que um nome soe bem e seja agradável. "A gente tenta aproximar o nome da cor, mas às vezes não dá. O Urano, por exemplo, lembra mar, que é azul. Para o Pandora, pegamos o gancho do filme "Avatar". Já Oberon sobrou e não tem nenhum significado", conta.

Para Clarissa, o nome mais criativo da marca é o Hadron, que foi inspirado no maior acelerador de partículas do mundo. "Nós tinhamos a cor, mas não tínhamos o nome. Aí soou legal", explica.

Já o Jade, primeiramente lançado pela Chanel na coleção outono/inverno 2009/2010, recebeu o mesmo nome propositalmente. "A gente não possuía um posicionamento no mercado até então. Jade é o nome de uma pedra, elemento natural, mas foi realmente inspirado no da Chanel. As pessoas começaram a ligar esse nosso esmalte com o da marca gringa", finaliza.

Na Impala, as informações são cruzadas com o universo dos estilistas e os nomes são inspirados em um determinado conceito. Neném, por exemplo, um esmalte muito antigo da marca, recebeu esse nome pelo efeito que traz com a suavidade do branco.

Victor Munhoz, responsável por nomear as cores da marca, explica que os tons da última coleção primavera/verão eram voltados para o coral. "Era a tendência principal e tinha uma vertente para o esverdeado e azulado. Surgiram então as coleções Balneários Brasil e Acqua", explica. Ele selecionou algumas cidades litorâneas menos conhecidas no país e batizou as 12 cores da coleção.

A última coleção, Muito Luxo, caracteriza a estação outono/inverno, quando as pessoas se vestem mais elegantes por conta do frio. "Ela inspira mais luxo de comportamento, atitude e existe muito glamour. São nomes que lembram essa questão. Quem nunca quis um paparazzi correndo atrás de você?", brinca. Também é o caso do Saia Justa, Royal e Madame.

Em 2008, a marca também se inspirou na famosa Chanel para um de seus esmaltes. O Azul Satin foi inspirado no Blue Satin da empresa francesa. "Inspiração de cor é comum. Estudamos comportamento, tendências e temos proximidade das cores. O azul foi proposital, embora não tenha sido uma cópia. O lançamento da Chanel aconteceu cerca de 20 dias antes do nosso", explica.

Audrey, Brigitte, Catherine, Charlotte, Gilda, Gisele, Jackie, Jane, Madonna, Marilyn, Nicole e Sophia... Cada cor da coleção Divas, lançada no outono/inverno de 2009, foi pensada exatamente para cada mulher. "Percebemos que as cores estavam muito diferentes, com tons avermelhados, ousados e com muito glamour. Listamos 12 e fizemos o cruzamento da característica delas com as cores. Não combinaria a Madonna em um branquinho, por exemplo", brinca Munhoz.

Mas, as divas brasileiras não ficaram de fora. A linha Impala Gloss fez referência às nossas cantoras, com nomes como Elza, Gal, Marisa, Claudia e Ivete. "Os esmaltes têm um pouco mais de brilho e glitter, aí fizemos essa alusão", conta.

A Impala também chegou a homenagear algumas das manicures preferidas das celebridades Cida e Luzia, na coleção Imapala Manicures.

Para Munhoz, dentre os milhares de nomes criativos da Impala, o Splash é um deles. "É o barulho que a gente faz quando pula na água. Não podia ser melhor". Ele também gosta dos nomes da coleção Deusas. "Identificamos as características de cada deusa grega e relacionamos com a cor. Chegamos em Nyx, Hera, Atena e Afrodite", finaliza.

Na Risqué, os nomes dos esmaltes também são pensados após a definição da coleção. "Cada nome surge durante o processo de conceitualização e elaboração dos esmaltes e da coleção. Conceito e produto caminham juntos para garantir um alinhamento", explica Mel Girão, diretora-executiva de marketing da empresa.

Isso significa que cada esmalte é nomeado dentro de um contexto próprio. Azulejo Português, por exemplo, é um nome improvável para uma cor de esmalte, mas foi um dos escolhidos para uma linha de cores que tinha como tema a porcelana.

Da mesma forma, a nova coleção da marca Joias Místicas traz nomes de pedras, como Turmalina, Topázio e Diamante Roxo.

Mel, que é responsável por batizar os esmaltes da Risqué, conta que os nomes ainda podem ser homenagens a personagens ou personalidades. O sucesso Renda, lançado no final da década de 80, foi inspirado na novela "Tieta", exibida na mesma época.

Nomes engraçadinhos
Se você acha que as marcas nacionais já chegaram ao ápice da criatividade, está enganado. A norte-americana OPI inova ao dar nomes engraçadinhos aos esmaltes. Já pensou em ir à manicure e pedir pelo amarelo "Você Precisa de Óculos de Sol?" (Need Sunglasses?), pelo verde "Que Diabos de Shrek É Você?" (Who the Shrek Are You?) ou pelo "Laranja Atômico" (Atomic Orange)?

Além desses nomes, a OPI também reserva algumas frases fofas para as suas cores, como o rosinha "Isso Não é Romântico?" (Isn't it Romantic?), o nude "Faz os Homens Ficarem Vermelhos" (Makes Men Blush ) e o cinza "Me Dê a Lua!" (Give me the Moon!).

1 recadinhos:

Juliana disse...

enorme o artigo, mas realmente interessante...da horinha como eles escolhem os nomes!
Beijão!

Postar um comentário

Obrigada por comentar!!!!!! Ka